Veja

6/recent/ticker-posts

 


Bolsonaro diz que sobrevoará região de barragem neste sábado


O presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento nesta sexta-feira (25) no qual informou que sobrevoará neste sábado (26) a região em Minas Gerais atingida pelo rompimento de uma barragem. Segundo Bolsonaro, após "reavaliação" dos danos, serão discutidas "todas as medidas cabíveis". 

 No início da tarde desta sexta, uma barragem da mineradora Vale rompeu em Brumadinho (MG), levando um mar de lama à região. Segundo os Bombeiros, 200 pessoas estão desaparecidas.  

Neste sábado pela manhã, juntamente com o ministro da Defesa, partiremos para Belo Horizonte e de lá será dada a essa delegação, o governador de Minas, onde sobrevoaremos a região para que possamos, mais uma vez reavaliando os danos, tomar todas as medidas cabíveis para minorar o sofrimento de familiares e possíveis vítimas, bem como a questão ambiental", afirmou (leia a íntegra mais abaixo). Embora Bolsonaro só tenha se referido ao ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, afirmou em seguida que outros ministros podem integrar a comitiva. 

De acordo com a assessoria de Bolsonaro, a primeira-dama, Michelle, acompanhará o presidente. Segundo Rêgo Barros, ainda não está decidido se o presidente descerá em Brumadinho ou se somente fará o sobrevoo na região.



Mais cedo, nesta sexta, o governo federal anunciou a criação de um gabinete de crise para monitorar as ações em Brumadinho e definir o que pode ser feito. Numa entrevista concedida a uma rádio de Brumadinho, Bolsonaro afirmou que não quer "começar a culpar os outros", mas acrescentou que "algo está sendo feito errado". "A questão da mineração, eu não quero começar a culpar os outros pelo que está acontecendo, mas algo está sendo feito errado ao longo dos tempos", afirmou Bolsonaro na entrevista.