Veja

6/recent/ticker-posts

 


Trump pode ter encontro com presidente da Venezuela


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não descartou a possibilidade se reunir com o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, em entrevista dada no domingo (21) ao site Axios.

Nesta segunda-feira, Trump afirmou no Twitter que o seu encontro com presidente venezuelano seria apenas para discutir “uma saída pacífica [de Maduro] do poder”.

Falta de confiança em Guaidó

Na entrevista ao site Axios, Trump mostrou suas reservas em relação ao autoproclamado presidente interino e "indicou que não ter muita confiança" já que ele teria falhado em controlar o país apesar do apoio internacional que recebeu.

“Guaidó foi eleito. Eu acho que eu não era necessariamente a favor, mas eu disse ‘algumas pessoas gostavam dele, outras não’. Soou ok para mim. Não acho que tenha sido muito significativo de uma maneira, ou de outra", disse Trump.

As declarações de Trump coincidem com a publicação desta semana de um livro de memórias de John Bolton, ex-conselheiro de Segurança Nacional de Trump, e que tem causado alvoroço nos Estados Unidos. Nele, Bolton mencionaria Venezuela e Guaidó.

Segundo trechos publicados pelo Axios, Bolton escreveu que Trump tinha suas dúvidas sobre Guaidó desde o início, pois o considerava "uma criança" na frente de Maduro, cuja imagem era "forte".

Respondendo a uma pergunta sobre se ele se arrependia da decisão de apoiar Guaidó, como sugere Bolton em seu livro, Trump disse: "Eu poderia ter vivido com e sem Guaidó, mas eu era muito contra o que estava acontecendo na Venezuela".

Postar um comentário

0 Comentários