Veja

6/recent/ticker-posts

 


Acusado de estuprar e matar menina em Catalão é preso no Maranhão quase 8 anos após o crime



Um homem de 47 anos foi preso no Maranhão, suspeito de estuprar e matar a pauladas a menina Iasmin Martins de Souza, de 8 anos, em Catalão, na região sudeste de Goiás , em 2013. O delegado Jean Arruda diz que o homem foi localizado e a Polícia Civil do estado cumpriu o mandado de prisão temporária na zona rural do município de Poção das Pedras, a 350 km de São Luís do Maranhão. 


 Em comunicado, a PC do Maranhão narra que o homem foi preso na última quarta-feira (16) e encaminhado para a Unidade Prisional de Pedreiras, no povoado Barriguda do Insono, e ficará à disposição da justiça. O delegado de Jean Arruda disse que após os trâmites legais, ele será transferido para Goiás, mas ainda não há uma data definida. De acordo com a PC, a identidade do suspeito e as investigações seguirão sob sigilo, para resguardar as fontes e as técnicas investigativas. 



O delegado pontua que a titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Catalão, Alessandra Maria de Castro, ficará à frente do caso. O crime aconteceu em dezembro 8 de dezembro de 2013, após a menina sair da casa da avó para ir até a feira onde a mãe estava trabalhando. 

Contudo, a criança não chegou ao local. A polícia diz que o corpo dela foi encontrado no dia seguinte, com um pano enrolado na cabeça e nua da cintura para baixo, em uma casa em construção. Na época, a delegada Alessandra de Castro descreveu  que ao lado do corpo havia uma boneca e um pedaço de madeira cheio de sangue. Um pedreiro chegou a ser preso suspeito do crime, depois de relatos que ele teria sido visto com a menina horas antes da morte. 

O homem, que tinha 37 anos na época, negou a autoria, mas mesmo assim foi preso.

Postar um comentário

0 Comentários