Veja

6/recent/ticker-posts

 


Joice Hasselmann afirma que família Bolsonaro é uma ‘gangue’

 


A deputada federal Joice Hasselmann (PSL), em entrevista ao programa Cidinha Livre, da Super Rádio Tupi, explicou os motivos que a levaram a entrar com uma ação no

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para deixar o PSL, partido no qual é associada.

Ela confirmou as informações para Cidinha Campos e ainda fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro. “Eu sou a mulher mais votada da história da Câmara dos Deputados. O respeito às mulheres, o desrespeito à votação que eu tive e ao trabalho que eu fiz para o país, é gritante por parte do partido que se vendeu ao bolsonarismo. Então não há condições de ficar”, disse.

Questionada se havia outra alternativa para deixar o partido, ao invés de entrar na Justiça, Joice afirmou que, se tem algo de errado acontecendo, ela vai divulgar.

“São duas coisas, primeiro que eu não sou de limpar sujeira para debaixo do tapete. Se tem coisa errada, eu falo mesmo. Eu grito mesmo. Isso já é do meu perfil. Meu rompimento com a executiva do PSL não aconteceu ontem, o rompimento aconteceu na votação da mesa, em fevereiro.”

Durante a entrevista, Joice também criticou os filhos de Bolsonaro. A deputada afirmou que a família do presidente da República é uma “gangue”.

“Eu disse ao meu filho: se você fosse o Flávio e eu o Bolsonaro, eu te entregava para a Justiça, porque eu não defendo picareta, não interessa aonde ele esteja. Ali é uma gangue. Cada um tem um papel estratégico. Eles atuam muito junto”, ressaltou.


Postar um comentário

0 Comentários