Rotam prende suspeitos de filmar perseguição com rajada de tiros na região Noroeste de Goiânia

Veja

6/recent/ticker-posts

Rotam prende suspeitos de filmar perseguição com rajada de tiros na região Noroeste de Goiânia

Rotam informou que os detidos foram identificados e localizados por investigações do serviço de inteligência da corporação. Outros dois suspeitos de participar do crime foram mortos


Policiais da Ronda Ostensiva Tática Metropolitana (Rotam) prenderam três homens suspeitos de participar de perseguição e filmagem com rajada de tiros que assustou moradores do setor Morada do Sol, em Goiânia. Além deles, outros dois investigados morreram em confronto com a Polícia Militar, na noite de quarta-feira (19).

O tenente-coronel Benito Franco, da Rotam, disse que dois dos presos deles foram identificados e localizados em Aparecida de Goiânia, por meio do serviço de inteligência da corporação. A partir daí descobriram a possível participação de um terceiro – que também foi preso, mas porque tinha mandado em aberto por ser suspeito de homicídio.

“Localizamos o primeiro, depois o segundo. Após as entrevistas, soubemos de um terceiro que, por coincidência tinha um mandado de prisão temporária. Conseguimos identificar o [Chevrolet] Prisma usado nesse crime, que era roubado e clonado. Quando os pegamos, eles estavam indo tentar queima-lo para destruir evidências”, explicou.

Franco detalhou que todos os investigados fazem parte de uma mesma 

facção criminosa, mas que brigavam entre si por território de tráfico de drogas. 

De acordo com ele, esse seria o motivo que teria levado à perseguição e disparos em

 plena avenida Mangalô no domingo (16).

Informações sobre os nomes dos investigados, o que eles alegaram aos policiais e se 

têm algum advogado não foram divulgadas.

Postar um comentário

0 Comentários