Operação contra tráfico de drogas prende 14 pessoas e sequestra R$ 20 milhões em bens

Polícia Civil de Goiás lidera ação batizada de Déjà-vu e também cumpre 22 mandados de busca e apreensão

Polícia Civil de Goiás lidera ação batizada de Déjà-vu e também cumpre 22 mandados de busca e apreensão



A Polícia Civil de Goiás, com apoio de órgãos de segurança no Distrito Federal e outros dois estados, realiza a Operação Déjà-vu nesta terça-feira (27). Segundo a corporação, foram cumpridos 14 mandados de prisão preventiva e 22 de busca e apreensão. 

As equipes também realizam sequestro de R$ 20 milhões em bens e dinheiro. Dos mandados de prisão, nove foram cumpridos em Goiás, três no Mato Grosso, um no Rio Grande do Norte e um no Distrito Federal.
Polícia Civil de Goiás lidera ação batizada de Déjà-vu e também cumpre 22 mandados de busca e apreensão

 

 A investigação que resultou nesta operação é conduzida pela Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos (Denarc) desde janeiro de 2020. As apurações feitas pela corporação indicaram que um grupo de “seguidores” do traficante Marcelo “Zói Verde”, morto na Bolívia em 2017, deu continuidade e aperfeiçoou o esquema criado pelo criminoso. Segundo a Polícia Civil, os criminosos traficam cocaína pura, pasta base de cocaína e skunk usando fundos falsos em caminhonetes. 

As investigações apontaram que a droga saía do Mato Grosso, era armazenada em Goiás e distribuída em território goiano, no DF e no Rio Grande do Norte.

Gostou do conteúdo ? doe qualquer quantia para manter o site no ar

Postar um comentário

0 Comentários