Bolsonaro diz não haver corrupção em seu governo: ‘se algo estiver errado, apuraremos’



O presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer nesta quarta-feira (23/06) que não há casos de corrupção em seu governo. Ele se referiu às acusações feitas a ele como “mentiras que buscam desgastar o governo”.

 A afirmação vem após a demissão do ministro Ricardo Salles, investigado no Supremo Tribunal Federal (STF), e acusações sobre irregularidades na compra da vacina indiana Covaxin durante a Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI) da Covid.

 O ex-ministro do Meio Ambiente é alvo de investigação em dois casos no STF por suspeita de facilitar a exportação de madeira ilegal da Amazônia. Além da preocupação com Salles, o servidor Luís Ricardo Miranda, do Ministério da Saúde, prestou depoimento à CPI na última sexta-feira (18), relatando ter recebido uma pressão

 “atípica” para que agilizasse a liberação da Covaxin para a empresa Precisa Medicamentos, e pedidos de que fizesse a “exceção da exceção” junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a liberação.

Postar um comentário

0 Comentários