Juíza manda soltar caseiro e mantém prisão de fazendeiro suspeito de ajudar Lázaro Barbosa a fugir



A juíza Luciana Siqueira mandou soltar o caseiro Alain Reis de Santana, de 33 anos, e manteve a prisão de fazendeiro suspeito de ajudar Lázaro Barbosa a fugir. A decisão foi publicada na noite desta sexta-feira (25). A magistrada concedeu liberdade provisória ao caseiro e tornou a prisão em flagrante do fazendeiro em preventiva.


 A dupla é suspeita de ajudar Lázaro Barbosa – apontado como autor de chacina no DF – a fugir de força-tarefa que o procura há 17 dias em região de mata de Cocalzinho de Goiás. Lázaro é procurado pela operação que envolve mais de 270 policiais, helicópteros e cães farejadores. De acordo com o secretário, além do assassinato de quatro pessoas de uma família em Ceilândia (DF), o criminoso é suspeito de outros sete crimes.

 A magistrada escreveu na sentença que

 "os indícios de autoria até o momento colhidos revelam-se frágeis, principalmente porque sua relação com o outro autuado é de patrão-empregado". 

Segundo a decisão, não foi possível verificar que o caseiro tenha aderido à suposta conduta do proprietário da fazenda de ajudar Lázaro. 


 Prisão do fazendeiro 


Na decisão, a magistrada diz que manteve a prisão do fazendeiro por entender que "sua liberdade representa risco efetivo à ordem pública".

Postar um comentário

0 Comentários