Bolsonaro deve receber alta neste domingo



O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que segue internado no hospital Vila Nova Star, em São Paulo, para tratar de um quadro de obstrução intestinal, pode ter alta neste domingo, 18. A informação é do cirurgião Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo, que acompanha o presidente desde o atentado sofrido na campanha de 2018. 


Segundo nota divulgada pelo Planalto, o presidente “continua evoluindo satisfatoriamente, apresentando melhora clínica e laboratorial”. Ainda conforme o boletim médico, ao longo deste sábado será oferecida ao presidente dieta cremosa não fermentativa, que tem por finalidade reduzir a formação de gases intestinais e a distensão abdominal. No começo da tarde, o presidente participou de evento online de inauguração de uma agência da Caixa Econômica Federal na cidade de Missão Velha (CE). 

“A Caixa sempre esteve ao lado do povo brasileiro. Assim foi por ocasião do pagamento do Auxílio Emergencial. Não é fácil bolar um programa para pagar 68 milhões de brasileiros em poucos dias”, disse. Ao destacar a importância do benefício financeiro, Bolsonaro aproveitou para criticar as medidas restritivas impostas por prefeitos e governadores para controlar o avanço da pandemia da Covid-19. 

“Era um momento difícil que o Brasil passava, onde muitos governadores e prefeitos fecharam as cidades, fecharam o Estado, tirando o emprego de milhões de pessoas. Tirando o ganha-pão de milhões de pessoas. E o governo federal, juntamente com a Caixa Econômica Federal e a nossa equipe econômica foi ao socorro da nossa população”, disse o presidente, acrescentando que, só no ano passado, o montante pago com o Auxílio Emergencial superou o valor desembolsado em dez anos com o Bolsa Família. Pela manhã, o presidente postou um vídeo em uma rede social em que aparece, sem máscara, caminhando no corredor ao lado de um auxiliar. “Seguimos progredindo. Bom dia a todos!”, diz a legenda. Leia também

Postar um comentário

0 Comentários