Talibã anunciou nesta segunda-feira, 17, uma “anistia geral” para todos os funcionários públicos e pediu que eles voltam a trabalhar normalmente após a tomada do poder no Afeganistão. “Uma anistia geral foi decretada para todos (…) portanto devem retomar sua vida cotidiana com total confiança”, anunciou o grupo fundamentalista. 

Os funcionários do governo temem serem vistos como traidores aos olhos dos talibãs. Então, os líderes políticos do grupo garantiram que todos podem voltar à vida normal e que foram perdoados. “A situação em Cabul está sob controle. Foram presas algumas pessoas que estão envolvidas em transgressões”, disse o principal porta-voz talibã, Zabiullah Mujahid.