Árbitro é acusado de assediar jogadora no Rio Janeiro

 


Um árbitro do Rio de Janeiro é acusado de assediar uma jogadora de 18 anos do Pérolas Negras, que este ano jogou o Campeonato Carioca Feminino adulto. A atleta relatou constrangimento depois que Lucas Vidal Dias, 22 anos, passou a puxar assunto nas redes sociais, curtir inúmeras publicações e comentar uma foto de biquíni. Ele nega que tenha cometido assédio. À reportagem, por meio dos advogados Marcelo Jucá e Esther Freitas, Lucas Vidal negou que tenha cometido assédio e pediu desculpas "caso tenha se desenhado qualquer tipo de ofensa ou desrespeito".

Postar um comentário

0 Comentários