Caçada continua ; Caseiro suspeito de matar mulher grávida, enteada e fazendeiro

 



Segundo as investigações, no dia 28, Wanderson matou a sua esposa, Ranieri Aranha, que estava grávida, a enteada Geysa Aranha, e o fazendeiro Roberto Clemente. Ele ainda tentou estuprar e baleou a esposa do proprietário rural. Segundo a Polícia Civil, primeiro, o jovem matou a mulher dele e a enteada a facadas.

Em seguida, o caseiro teria ido pedir ao patrão ajuda para a esposa grávida, dizendo que ela estava passando mal. O patrão saiu e foi até a casa ajudar Ranieri. Nesse intervalo, de acordo com a polícia, o caseiro entrou na residência do patrão e furtou um revólver calibre 38 e matou. 

 A polícia informou que Wanderson ainda tentou estuprar a esposa de Roberto, mas não conseguiu. Ele, então, a baleou no ombro, pegou uma caminhonete do fazendeiro e fugiu. O carro foi encontrado abandonado na GO-225, ainda em Corumbá de Goiás. 

 O suspeito, então, foi até Alexânia, onde tem parentes. No dia 29, pegou um táxi na cidade até Abadiânia. Após a denúncia do motorista, a polícia começou a fazer buscas em Gameleira de Goiás.

Postar um comentário

0 Comentários