General Heleno diz tomar remédio na veia para não deixar Bolsonaro agir contra STF

 


Em um áudio vazado, o ministro-chefe do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), general Augusto Heleno, fez duros ataques ao STF (Supremo Tribunal Federal) e diz que tem tomado remédios “na veia” diariamente para não deixar o presidente Jair Bolsonaro (PL) tomar “uma atitude mais drástica”. As informações são do colunista Guilherme Amado, do site Metrópoles.

A declaração foi dada em um evento fechado de formatura do Curso de Aperfeiçoamento e Inteligência, para agentes em atividade na Abin (Agência Brasileira de Inteligência).

“Temos um dos Poderes que resolveu assumir uma hegemonia que não lhe pertence, não é, não pode fazer isso, está tentando esticar a corda até arrebentar. Nós estamos assistindo a isso diariamente, principalmente da parte de dois ou três ministros do STF”, disse o general, sem citar nomes.

Postar um comentário

0 Comentários