Secretário-executivo do Ministério da Saúde recomenda não planejar festas de fim de ano e Carnaval



 O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, afirmou nesta terça-feira em uma rede social que não recomenda a realização de festejos no fim de ano e no Carnaval diante da falta de informações a respeito da variante Ômicron do coronavírus.

“O posicionamento do ministério é conservador, como a gente ainda não sabe os efeitos da variante, a recomendação é que não se planeje festa de fim de ano e não se planeje ainda Carnaval. É tudo muito cedo”, disse ele, no Twitter.

No final do mês, antes de o Brasil ter confirmado o primeiro caso da variante Ômicron, o presidente Jair Bolsonaro se posicionou contra a realização do Carnaval em 2022, em uma entrevista.

Várias capitais do Brasil já anunciaram o cancelamento de suas festas de Réveillon por causa da Ômicron.