Moro diz que Brasil ‘não vai correr o risco’ de ter Lula e Bolsonaro no 2º turno

 


O pré-candidato à presidência da República, Sergio Moro, rechaçou a possibilidade do Brasil ter um segundo turno nas eleições deste ano entre o ex-presidente Lula e o atual presidente Jair Bolsonaro. Durante entrevista ao Jornal da Manhã, da Jovem Pan News, nesta terça-feira, 18, ao ser questionado se, hipoteticamente apoiaria um dos candidatos, o ex-juiz minimizou a possibilidade da disputa e afirmou que o Brasil não será submetido a “escolhas trágicas”. 

“O Brasil não vai correr esse risco, não vamos ser submetidos a essas escolhas trágicas. […] Nem quero pensar em mais quatro anos de Bolsonaro ou Lula, seria tão trágico. No mínimo, perdemos quatro anos, mas há risco de comprometer o nosso futuro de maneira significativa. São governos que estão comprometidos com modelos de corrupção. Mas temos tempo, vocês não estão fadados a cometer suicídio político“, afirmou o ex-Ministro da Justiça. 

Postar um comentário

0 Comentários