Valparaíso ;Policia Civil Prende amigo da vitima que teria matado e destruído o cadáver

 


A Polícia Civil de Goiás, por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Valparaíso de Goiás, cumpriu, na manhã desta quinta-feira (20), mandados de prisão temporária e busca e apreensão domiciliar de um indivíduo investigado pelo crime de homicídio qualificado com posterior destruição de cadáver.

Na manhã do dia 23 de dezembro de 2021, a equipe policial recebeu a informação de um corpo carbonizado, em um sofá, em um terreno baldio no bairro Jardim Céu Azul, no município de Valparaíso.



De imediato, foram realizadas diversas diligências no intuito de solucionar o caso. A investigação policial chegou à conclusão de que o jovem encontrado carbonizado foi morto em uma residência na mesma rua onde foi encontrado. Além disso, foi possível chegar à identificação de um dos autores dos crimes.

O autor era amigo da vítima, e os dois se desentenderam por dívidas relacionadas à droga. Pelo que consta até o momento, o agressor esfaqueou a vítima, em um galpão, e o corpo ficou lá por diversas horas, sendo carregado em um sofá, e ateado fogo na madrugada do dia seguinte.

De posse dessas informações, a Polícia Civil representou pela prisão temporária de um dos investigados, sendo o decreto prisional deferido pela Justiça, após manifestação favorável do Ministério Público.

Na presente data, o investigado, que já possui extensa ficha criminal por outros delitos, foi preso, estando recluso na Unidade Prisional de Valparaíso.

No momento da sua prisão, foi possível realizar busca domiciliar no galpão onde ocorreram os fatos, sendo constatado sangue no local. Esta constatação se deu graças ao apoio da Polícia Técnico- Científica, que também participou da operação policial, utilizando-se de técnicas especiais.

A investigação continuará com o fito de identificar coautores do delito.

Postar um comentário

0 Comentários