A tragédia das chuvas em Petrópolis, que gerou ao menos 136 vítimas fatais, causou uma troca de farpas entre o governador do Rio de JaneiroCláudio Castro (PL) e o deputado federal Marcelo Freixo (PSB-RJ). Os dois são vistos como possíveis candidatos ao governo do Rio na eleição a ser disputada em outubro de 2022. Freixo foi até a região afetada, o que Castro classificou como oportunismo antes de ofendê-lo. “Marcelo Freixo, você é o maior oportunista que eu conheci em toda a minha vida! Você só sabe fazer politicagem em cima do sangue e da tragédia das pessoas! É uma espécie de Zé do Caixão da política! Vem a Petrópolis mentir, criar intrigas e gerar confusão”, criticou o governador carioca, que também está em Petrópolis.

Nos últimos dias, Freixo tem postado registros de sua passagem por Petrópolis, com encontros com autoridades da cidade, como o prefeito Rubens Bomtempo (também do PSB).