Polícia Civil prende advogado suspeito de se apropriar indevidamente de R$ 18 mil de cliente

 

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Mineiros, prendeu hoje (31), T. R. M. C, advogado, de 36 anos, após uma vítima denunciar que ele se apropriou, em uma ação judicial, de aproximadamente R$ 18 mil expedidos em alvará num processo judicial.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Mineiros, prendeu hoje (31), T. R. M. C, advogado, de 36 anos, após uma vítima denunciar que ele se apropriou, em uma ação judicial, de aproximadamente R$ 18 mil expedidos em alvará num processo judicial. Após levantamento preliminar, foi possível constatar que o referido advogado já respondeu a um inquérito policial por crime da mesma natureza, além de possuir outros boletins de ocorrência em seu desfavor.

Se algum morador de Mineiros desconfiar que esteja sendo vítima da mesma situação (o escritório do advogado se situa na 8° Avenida, Setor Costa Nery), deve procurar informações do processo judicial ou entrar em contato com a Delegacia de Polícia. O preso responderá pelo crime de apropriação indébita majorada recluso em prisão preventiva. As investigações continuam buscando identificar outras possíveis vítimas.

Postar um comentário

0 Comentários