O policial federal Lucas Soares Dantas Valença, de 36 anos, conhecido como 'hipster da Federal', morreu em Buritinópolis, no centro de Goiás, na madrugada desta quinta-feira (3), após invadir uma casa na zona rural e ser baleado pelo morador, segundo a Polícia Civil.

O delegado Adriano Jaime, que investiga o caso, disse que o morador foi preso por posse irregular de arma de fogo, mas pagou fiança e aguarda a investigação em liberdade.

Familiares e amigos relataram à Polícia Militar que o policial se encontrava em surto psicótico desde o dia anterior, conforme o boletim de ocorrência.

Quem foi o 'hipster da Federal'

O policial federal Lucas Soares Dantas Valença, de 36 anos, ficou conhecido como "hipster da Federal" após escoltar o então deputado cassado Eduardo Cunha, em Brasília.


Após a repercussão, Lucas ganhou milhares de seguidores nas redes sociais No carnaval de 2017, ele ganhou até um boneco gigante no Recife. A inspiração foram o visual de "lenhador", barba grande e o coque estilo "samurai".