Deputado federal declarou que as mulheres ucranianas são ‘fáceis porque são pobres’; 


Movimento Brasil Livre (MBL) se manifestou publicamente após os áudios vazados de Arthur do Val, em que afirma que as mulheres ucranianas são “fáceis porque são pobres”, e prestou repudio às declarações do político. Segundo o grupo, as falas não foram corretas com as “brasileiras, ucranianas e com todas as pessoas” que confiam no trabalho do deputado federal. 

De acordo com a nota, o teor das mensagens compartilhadas por ‘Mamãe Falei’, “não invalida o objetivo da viagem” realizada à Ucrânia. O movimento alega ter arrecadado “mais de R$ 250 mil para os refugiados” e que o conteúdo audiovisual documentado sobre as ações serão compartilhados no futuro.

 o pré-candidato Sergio Moro (Podemos) anunciou que rompeu com o grupo após o episódio vir à tona.

“Jamais dividirei meu palanque com quem tem esse tipo de opinião”, argumentou o ex-juiz.