Juíza arquiva processo contra padre Robson de Oliveira e manda apagar materiais apreendidos na investigação

Veja

6/recent/ticker-posts

Juíza arquiva processo contra padre Robson de Oliveira e manda apagar materiais apreendidos na investigação

 



A juíza Placidina Pires, do Tribunal de Justiça de Goiás (RJ-GO), mandou arquivar nesta quinta-feira (28) a ação penal que tramitava na corte contra o padre Robson de Oliveira. Com o arquivamento, a magistrada também mandou apagar os materiais apreendidos durante a investigação que eram usados como provas.

A magistrada levou em consideração o trânsito em julgado da decisão da Primeira Câmara Criminal, que deu a primeira ordem de trancamento da investigação, em 2020, e o arquivamento do processo no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em 18 de abril deste ano. 

 O padre Robson de Oliveira era suspeito de comandar desvios milionários de dinheiro doado por fiéis à Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe). Ele foi denunciado pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) por organização criminosa, apropriação indébita, falsidade ideológica e lavagem do dinheiro. O padre sempre negou as acusações.

Postar um comentário

0 Comentários