Russos fugiram de Chernobyl com a ‘doença da radiação’, diz Ucrânia

Veja

6/recent/ticker-posts

Russos fugiram de Chernobyl com a ‘doença da radiação’, diz Ucrânia

 


A  Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) investiga alegações da Ucrânia de que soldados russos que ocupavam a usina nuclear de Chernobyl partiram após receber altas doses de radiação. A agência disse que não pode confirmar as alegações da empresa Energoatom, mas busca uma avaliação independente. A empresa afirma que os russos construíram trincheiras na floresta dentro da zona de exclusão da cidade e que “entraram em pânico ao primeiro sinal de doença” que apareceu rapidamente. 

A vice-primeira-ministra ucraniana, Iryna Vereshchuk, também falou sobre o caso e confirmou as alegações. Os militares estão sendo encaminhados para uma instalação médica especial na Bielorrússia. Para confirmar toda a história, a AIEA está preparando a primeira ‘missão de assistência e apoio’ a Chernobyl, no norte da Ucrânia, nos próximos dias.

Mais Noticias no Portal Noroeste de Goiânia 

Postar um comentário

0 Comentários