De acordo com a Agência Municipal do Meio Ambiente de Goiânia (Amma), os ocupantes desmataram a Área de Preservação Permanente (APP), para plantar e comercializar mandioca.

A Ocorrência aconteceu  na última sexta-feira (29).

 A agência explicou que as pessoas chegaram a construir uma espécie de barraco no local na intenção de se apropriarem  da área pública localizada no Residencial Senador Albino Boaventura ,região Noroeste de Goiânia. 

Os fiscais ainda explicaram que os autuados responderão na esfera administrativa e  foram encaminhados à Delegacia Estadual do Meio Ambiente (DEMA) onde devem serem responsabilizados criminalmente.