A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização e distribuição de um produto da marca Pirata.

 Além disso, foi solicitado o recolhimento de um lote do produto após encontrar insetos e pelos de roedor



A VILMA ALIMENTOS, RESPONSÁVEL PELO PRODUTO, ENVIOU UMA NOTA SOBRE RECOLHIMENTO VOLUNTÁRIO DO TEMPERO. 

NO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO DESTA QUARTA-FEIRA (13), A ANVISA DISSE QUE A ANÁLISE ENCONTROU FRAGMENTOS DE INSETOS E DE PELOS DE ROEDORES. AMBAS INDICAM RISCO AO CONSUMIDOR .



 Procurada pela publicação, a Vilma Alimentos não se manifestou sobre o caso. Na última terça-feira (12), a marca Häagen-Dazs teve lotes do sorvete de baunilha recolhidos a pedido da Anvisa por conta da possível presença de 2-cloroetanol (2-CE), substância considerada cancerígena.