Um ex-colega de cela de Lázaro Barbosa foi identificado pela Polícia Civil como autor de três estupros em Valparaíso de Goiás. Os crimes foram cometidos em 2016 e 2017, contra uma criança de 1 ano e 10 meses e uma mulher e sua filha. Eduarte Dias Silva, de 29 anos, já está preso por crimes de roubo em Águas Lindas de Goiás. 

 A Polícia Civil conseguiu confirmar a autoria dos crimes por meio de comparação de material biológico, tendo a coincidência genética realizada após a coleta no preso. 

 Os crimes em que Eduarte Silva foi identificado como autor são: 


 Estupro e roubo contra mãe e filha: 


a Polícia Civil disse que ele invadiu o apartamento da família, em 2016, estuprou a mãe por cinco vezes, estuprou a filha menor de idade e amarrou as vítimas. 

Depois roubou o pai. 


Após o crime, ele espalhou farinha de trigo pelo apartamento para disfarçar impressões digitais. 

Tentativa de homicídio e estupro de vulnerável: 


a investigação apontou que ele estuprou uma criança de 1 ano e 10 meses, em 2017, e depois a jogou debaixo de um tanque, causando traumatismo craniano. Na sequência, jogou óleo de cozinha para disfarçar vestígios.