Um homem de 31 anos morreu uma semana após ser baleado durante uma abordagem da Polícia Militar em Goiânia. A família de David dos Santos Sousa reclama que a ação da PM foi desproporcional . 

 A abordagem aconteceu no domingo passado (17), por volta de 20h, em uma distribuidora de bebidas na Vila Redenção, em Goiânia. A vítima morreu uma semana depois, no último domingo (24), no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), onde estava internada. 

Nota da Polícia Militar  


"Seguindo a legislação, foi aberto um inquérito para apurar as circunstâncias do fato e que, assim que for concluído, o processo vai ser encaminhado à Justiça."