equipe da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Porangatu recebeu informações de que havia sido consumado um crime de estupro de vulnerável , no qual um homem, aproveitando-se que uma menor (11 anos de idade) estaria sozinha em sua residência, foi até o local com o pretexto de presenteá-la com uma caixa de chocolates, momento em que agarrou a menor e começou acariciar as suas partes íntimas, de maneira que o intento criminoso só cessou quando ouviu a movimentação de pessoas próximas ao imóvel. 

O fato aconteceu no bairro Jardim Brasília, em Porangatu.

De posse das informações a equipe de policiais civis diligenciou até encontrar o suspeito, onde executou a prisão em flagrante do indivíduo. Ele foi levado até sede da DPCA de Porangatu, onde foi lavrado auto de prisão em flagrante delito pelo crime de estupro de vulnerável.

Veja mais