Em ação que integra a Operação Férias, equipes do Procon Goiânia apreenderam, na última sexta-feira (22/07), mais de 30 quilos de alimentos vencidos, além de bebidas e condimentos, em bares e restaurantes da capital. Como resultado, as equipes aplicaram 13 autos de infração, de acordo com balanço parcial.



No Setor Marista, em um estabelecimento, foram encontrados 15 quilos de costelinha com data vencida desde o dia 18 de julho, e cerca de três quilos de queijo impróprios para consumo desde o dia 20 do último mês. No mesmo local, foram apreendidos, ainda, um quilo de torrada, um quilo de frango e um litro e meio de azeite sem data de validade.



Em outro estabelecimento, os fiscais apreenderam mais de dois quilos de palmito vencidos há dois meses e quatro quilos de bacon, vencidos no dia 18 de julho. Em choperia do Setor Sudoeste, foram encontrados mais de três quilos de camarão e dois quilos de peixe com data superior a um mês de vencimento.

Diante da grande quantidade de alimentos apreendidos, o gerente de fiscalização do Procon Goiânia, Erlan Borges, alerta que, “além da aplicação de multas, e em caso de reincidência, o estabelecimento pode ser fechado”.

A Operação Férias do Procon vai até o final de julho. Os fiscais ainda verificam se os restaurantes e bares cumprem os direitos do consumidor no que toca à cobrança das comandas. São avaliados se há cartaz com aviso sobre os 10% opcionais da taxa de serviço, pagamento de couvert artístico quando há show ao vivo, e ausência de preços nos produtos expostos.

Caso o consumidor encontre irregularidades na compra de algum produto ou aquisição de serviços, as denúncias são recebidas pelo Procon Goiânia por meio do telefone (62) 3524-2349.