Polícia Civil do Paraná confirmou que o policial militar Fabiano Júnior Garcia, de 37 anos, se matou após assassinar oito pessoas – sendo seis parentes – nas cidades de Toledo e Céu Azul na noite da última quinta-feira, 14.

 À equipe de reportagem da Jovem Pan, a corporação afirmou que os inquéritos policiais foram instaurados nas duas cidades e que diligências serão realizadas para “apurar a motivação dos fatos”. “Perícias foram realizadas nos locais e equipes de investigação seguem na coleta de informações”, pontuou a Polícia Civil do Paraná. 

As vítimas do policial – que tirou sua vida ao fim – foram seus dois filhos, sua esposa, sua mãe, seu irmão e uma enteada, bem como outras duas pessoas desconhecidas foram mortas. Fabiano trabalhava há 12 anos no 19º Batalhão de Polícia Militar de Toledo.