Um homem de 48 anos é suspeito de estuprar e engravidar a própria filha, em Santa Rosa de Goiás, no centro do estado. De acordo com a Polícia Civil, as autoridades souberam do caso após a escola denunciar a evasão escolar da adolescente ao Conselho Tutelar. 

 O delegado responsável pelo caso, Kahlil Souto, explicou que os abusos ocorreram entre dezembro de 2021 e janeiro de 2022, quando o suspeito ficava a sós com a vítima em casa.

 Ainda de acordo com a polícia, os familiares da adolescente já foram ouvidos e caso seja comprovado que eles, de alguma forma, acobertaram os abusos, também poderão responder criminalmente. 

A polícia ainda aguarda os resultados dos exames de DNA.