À esquerda, a foto de Reginaldo José Barbosa, suspeito de matar Ayla e Luiz Otávio, de 5 e 7 anos, em Bonópolis — Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Suspeito de matar um casal de irmãos de 5 e 7 anos, Reginaldo José Barbosa, de 37, foi morto em troca de tiros na manhã deste domingo (10) em Bonópolis, no norte de Goiás, de acordo com a Polícia Civil. As crianças mortas são Ayla Luciene Jesus Nunes, a mais nova, e Luiz Otávio Nunes Reis, o mais velho.

 As investigações apontaram que o corpo da menina tinha sinais de violência sexual.

O tenente-coronel da Polícia Militar Francisco de Assis Ferreira Ramos Jubé, comandante da 12ª Regioal da corporação, contou que Reginaldo estava sendo procurado desde quarta-feira (6). 

O policial disse que o homem foi localizado nesta manhã em uma região de mata fechada no assentamento Plínio Arruda Sampaio, zona rural da cidade.

"Ele estava entre duas serras. As equipes estavam rastreando as pegadas dele. Em um momento se aproximaram do local, ele percebeu a chegada da equipe e resolveu reagir", contou. 

 Ainda de acordo com o comandante, Reginaldo foi baleado no confronto e levado com vida até o Posto de Saúde da Família (PSF) em Bonópolis. 

O delegado responsável pela investigação do caso, Douglas Wendell, confirmou que o investigado não resistiu aos ferimentos.

Os irmãos foram encontrados mortos na quarta-feira. Luiz Otávio, de 7 anos, foi achado na casa em que morava. Ayla, de 5, foi encontrada numa mata a 200 metros da residência da família.
Os irmãos foram encontrados mortos na quarta-feira. Luiz Otávio, de 7 anos, foi achado na casa em que morava. Ayla, de 5, foi encontrada numa mata a 200 metros da residência da família.

Em Bonópolis (GO), mãe encontra corpo dos filhos de 5 e 7 anos