Dois tiroteios em bares na África do Sul, onde os criminosos parecem ter atirado de maneira aleatória contra os clientes, deixaram pelo menos 19 mortos em um distrito próximo de Johannesburgo e em uma cidade do leste do país, anunciou a polícia neste domingo. 

No ataque em Soweto, distrito ao lado de Johannesburgo, 15 pessoas morreram quando os criminosos abriram fogo contra uma multidão durante a madrugada.


 Na cidade de Pietermaritzburgo, leste do país, na região zulu, quatro pessoas morreram quando vários homens atiraram de maneira indiscriminada contra os clientes de uma taberna. A semelhança no modo de operação intriga os investigadores, embora os tiroteios sejam frequentes na África do Sul, um dos países mais violentos do mundo.