O presidente chinês, Xi Jinping, pediu para o líder norte-americano, Joe Biden, não “brincar com fogo” em relação ao “status” de Taiwan. Segundo a agência de notícias chinesa Xinhua, o presidente Xi disse a Biden que “aqueles que brincam com fogo acabam se queimando”, acrescentando que “espero que o lado americano entenda isso”. 



Xi ainda ressaltou que a posição do governo e do povo chinês sobre a questão de Taiwan é consistente e que é “a firme vontade de mais de 1,4 bilhão de chineses salvaguardar firmemente a soberania e a integridade territorial da China”, acrescentou.

 Apesar da advertência da China, os Estados Unidos informaram que a “política dos EUA não mudou” e que o país “se opõem, energicamente, aos esforços unilaterais para mudar o ‘status quo’, ou minar a paz e a estabilidade no Estreito de Taiwan”, declarou a Casa Branca, em um comunicado, depois que ambos os líderes encerraram uma ligação de mais de duas horas de duração.