YouTube removeu uma live de Jair Bolsonaro (PL) do dia 29 de julho de 2021 sob a alegação de que o conteúdo apresentava notícias falsas sobre as urnas eletrônicas. 

Nesta semana, o presidente da República fez uma apresentação para embaixadores de vários países na qual repetiu críticas e suspeitas a respeito do sistema eleitoral.

"O YouTube destacou ainda que informações falsas de que as urnas eletrônicas brasileiras foram hackeadas na eleição de 2018 estão sendo banidas da rede social e que esse é um exemplo do que não será permitido de acordo com sua política contra desinformação no período eleitoral."