Segundo a Folha de São Paulo , a  que mais ataca o presidente Jair Bolsonaro ,isso ocorre no momento em que se intensificou a participação de Michelle na campanha de reeleição de Bolsonaro.

Depois, Michelle Bolsonaro divulgou uma foto do grupo evangélico com a descrição de que a vigília “acabou às 5h da manhã”. Na sequência, a primeira-dama apagou todas as publicações do encontro realizado.



Na convenção nacional do PL, no dia 24 de julho, que confirmou a candidatura de Jair Bolsonaro, a primeira-dama afirmou que realiza orações no gabinete presidencial.