Papa declara que ‘machismo mata a humanidade’ em despedida do Oriente Médio

 


Neste domingo, 6, o Papa Francisco declarou que o machismo “mata a humanidade”.

 A declaração foi dada pelo líder católico após perguntas de jornalistas sobre os protestos pelos direitos das mulheres no Irã

Francisco disse 

”Devemos continuar lutando pelas mulheres, porque elas são um presente. Deus não criou o homem e depois deu a ele um cãozinho para se divertir. Ele criou homem e mulher como iguais”, 

Postar um comentário

0 Comentários