Câmara de Goiânia aprova projeto de Mauro Rubem que defende cotas em creches e escolas para crianças de famílias monoparentais

 


A Câmara Municipal de Goiânia aprovou , em segunda votação, projeto de autoria do vereador Mauro Rubem (PT) que estabelece cota de no mínimo 30% das vagas em creches e escolas municipais para crianças e adolescentes de famílias monoparentais de baixa renda. A ideia é reforçar os direitos de crianças e adolescentes de Goiânia ao ensino gratuito, evitando que elas fiquem vulneráveis à marginalização e dando condições de trabalho a mães e pais solos, que terão a tranquilidade de saber que seus filhos receberão atendimento tridimensional: educação, brincadeiras e cuidados.

Para constatar a condição financeira das famílias beneficiadas, de acordo com o projeto, serão utilizados dados das famílias do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico), do governo federal. As famílias monoparentais deverão residir ou ter emprego em Goiânia e terem renda mensal per capita de até meio salário-mínimo. A matéria segue agora para análise do prefeito Rogério Cruz (Republicanos).