Padrasto é preso suspeito de engravidar a enteada de 13 anos




Um padrasto de 40 anos foi preso suspeito de engravidar a enteada e obrigá-la a registrar o filho como sendo do namorado, em Palestina de Goiás, no sudoeste goiano. 


O delegado Ramon Queiroz, responsável pelo caso, disse que o crime aconteceu quando a menina tinha 13 anos, mas ela só teve coragem de denunciá-lo agora, aos 16. 

 A mãe da adolescente disse à polícia que não tinha conhecimento dos abusos e que achava que o homem fosse de "confiança". Segundo o delegado, não há indícios de que ela sabia do caso e, por isso, não será responsabilizada. 


 O suspeito continuava preso até as 16h20 desta segunda-feira (19) no presídio de Caiapônia, a 50 km de Palestina de Goiás. O delegado informou o inquérito policial deve ser concluído nos próximos dias e que o investigado será indiciado por estupro de vulnerável.

Postar um comentário

0 Comentários