Em Transplante no Estados Unidos homem recebe coração de porco


 Um homem de 57 anos de Maryland, nos Estados Unidos, está bem três dias após receber um coração de porco geneticamente modificado em uma cirurgia de transplante inédita, informou a Escola de Medicina da Universidade de Maryland em um comunicado à imprensa nesta segunda-feira (10).

David Bennett tinha uma doença cardíaca terminal, e o órgão do animal era “a única opção disponível atualmente”, de acordo com o comunicado. Bennett foi considerado inelegível para um transplante de coração convencional ou uma bomba de coração artificial após revisões de seus registros médicos.

Postar um comentário

0 Comentários