ENEL INVESTE R$ 1,3 MILHÃO NA CONSTRUÇÃO DE USINA SOLAR PARA EMATER

 


Enel Distribuição Goiás está investindo mais de R$ 1,3 milhão na construção de uma usina fotovoltaica na sede da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural, e Pesquisa Agropecuária (Emater), por meio do programa Enel Compartilha Eficiência e com financiamento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A iniciativa vai proporcionar uma economia de aproximadamente R$ 140 mil por ano aos cofres públicos. 



A usina está instalada na sede da Emater, no campus Samambaia da Universidade Federal de Goiás (UFG), e tem capacidade de 260,52kWp. O responsável pela área de Sustentabilidade da Enel Distribuição Goiás, Adriano Faria, explica que a obra vai gerar mais de 360,49 MWh/ano de economia de energia, o equivalente ao consumo médio anual de aproximadamente 150 residências. “Em reais, isso representa uma economia de mais ou menos R$ 140 mil anualmente na conta de luz da Emater, o que representa economia aos cofres públicos”, explica. 

 

Para o presidente da Emater, Pedro Leonardo Rezende a utilização de fontes renováveis de energia é um dos pilares da sustentabilidade dos sistemas produtivos, que são objeto principal das ações do órgão em todo o Estado. "A geração de energia solar fotovoltaica e sua utilização no Centro Tecnológica de Inovação Rural da Emater, além de resultar em economia significante nos gastos púbicos com energia elétrica, servirá ao propósito de estimular e difundir o estudo da utilização de soluções inovadoras." 


Chamada Pública  

 

O projeto de eficiência energética em iluminação pública da Emater foi selecionado em chamada pública para financiamento de projetos com foco no consumo eficiente de energia elétrica. Desde 2017, quando a Enel assumiu a distribuição de energia em Goiás, já foram investidos R$ 75 milhões em 39 projetos de eficiência energética aprovados em Chamadas Públicas, que além de troca de lâmpadas prevê substituição de aparelhos de ar-condicionado e instalação de usinas fotovoltaicas, entre outras iniciativas.  

 

Os projetos são financiados com recursos do Programa de Eficiência Energética (PEE), da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Somente nos anos de 2020 e 2021, na Enel Distribuição Goiás, os projetos proporcionaram uma economia no consumo de energia estimada em 17.526,58 MWh/ano, o que seria suficiente para abastecer 7.302 mil residências com um consumo mensal de 200 kWh por mês.   

 

“Nosso objetivo é promover o consumo inteligente e eficiente de energia. Por isso, desenvolvemos projetos e obras de eficiência energética que ajudam a disseminar a cultura do consumo racional entre os nossos consumidores”, finaliza Adriano. 

 


Postar um comentário

0 Comentários