Vigilante penitenciário é preso em flagrante, em Aparecida

 



Um vigilante penitenciário temporário (VPT) recebeu, na manhã desta quarta-feira (23), voz de prisão em flagrante por favorecimento real, corrupção ativa e porte ilegal de arma de fogo. 

O flagrante ocorreu no momento em que o servidor passou por revista pessoal antes de iniciar suas atividades na Casa de Prisão Provisória, de Aparecida de Goiânia. 

Diante do ocorrido, foi solicitado o desligamento do VPT de 23 anos, contratado por meio de processo seletivo. 

 De imediato, o VPT, que desde 2020 prestava serviço no sistema penitenciário goiano, foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil para finalizar o flagrante. Procedimentos administrativos internos foram abertos para apurar o fato e, após averiguações, serão aplicadas as devidas sanções penais aos destinatários dos materiais ,conforme determina a Lei de Execução Penal (LEP).

Com Informações da Agencia Cora Coralina 

Postar um comentário

0 Comentários