Parque Mutirama recebe II GeoDia , evento nacional para difusão da geologia, neste sábado (30/04)

 


Com objetivo de democratizar acesso ao conhecimento científico, a Prefeitura de Goiânia, por meio da Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul), recebe, neste sábado (30/04), das 10h às 16h, no Parque dos Dinossauros do Mutirama, o II GeoDia no Parque. Evento é realizado pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), com edições simultâneas em Goiás, Rio de Janeiro e Santa Catarina. A entrada é gratuita.

O projeto consiste em programação com ações lúdicas e educativas que popularizam o estudo geológico, de forma a tornar as informações acessíveis aos diferentes públicos. Mais do que a exposição das rochas e minerais, a atividade no Parque Mutirama traz uma proposta sensorial que, além de associar os minérios ao cotidiano dos visitantes, os permite tocar, sentir e cheirar os itens expostos.

No período do funcionamento do parque, os frequentadores terão acesso à observação de gemas, rochas e minerais em microscópio. Ainda, medição da radiação em rochas pelo cintilômetro, instrumento específico para a prática. Outra atração é a observação de minerais fluorescentes em câmara escura. A programação do evento inclui, ainda, oficina de fósseis, onde o participante leva para casa o item confeccionado.

Para o presidente da Agetul, Valdery Júnior, a abertura de um parque público aos entusiastas da geologia e dos dinossauros atende proposta de democratização do conhecimento, difundida pela gestão. “O público, seja qual for a idade, tem acesso gratuito à oficina e exposição, o que fica ainda mais especial se pensarmos que o evento acontece no Parque dos Dinossauros”, observa.

O II GeoDia no Parque é uma iniciativa da Associação Brasileira de Defesa do Patrimônio Geológico e Mineiro (AGeoBR), da Sociedade Brasileira de Geologia (SBG), da Federação Brasileira de Geólogos (FEBRAGEO), e do Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM). A ação tem a parceria do curso de Geologia e do Planetário da Universidade Federal de Goiás (UFG).

Mais Noticias no Portal Noroeste de Goiânia 

Postar um comentário

0 Comentários