Concessão da Globo termina em 5 de outubro de 2022


 O presidente Jair Bolsonaro não pretende renovar a concessão do sinal da TV Globo, que expira no dia 5 de outubro de 2022, três dias após ao primeiro turno da eleição presidencial. De acordo com o site Na Telinha, Bolsonaro enviará para o Congresso um relatório contra a renovação.

Bolsonaro participa hoje de Motociata em Goiânia


 Sem poder para tirar um canal de TV do ar, o presidente pretende tumultuar o processo de concessão, segundo fontes ouvidas pelo site. 

 O Ministério das Comunicações informou que ainda não recebeu nenhum pedido de renovação das concessões da Globo para a sede no Rio de Janeiro (RJ), assim como de suas filiais em São Paulo (SP), Brasília (DF), Belo Horizonte (MG) e Recife (PE). Mas o próprio órgão lembra que pedido pode ser feito até a data do término da concessão, no dia 5 de outubro.