Em Goiânia; Vereadora apresenta projeto que prevê cuidado com a saúde mental de profissionais da segurança pública

 


A vereadora Aava Santiago (PSDB) apresentou, nesta quinta-feira (22), projeto de lei que prevê comunidade com a saúde mental de profissionais da segurança pública. O projeto estabelece parcerias entre núcleos de prática de psicologia do ensino superior para o atendimento a policiais civis, militares, federais, rodoviários, corpo de bombeiros, guarda municipal e polícia penal. 

Apresentado um dia depois do Dia do Policial Civil, a vereadora destaca que a polícia brasileira é a que mais mata e a que mais morre. “Somente no ano de 2019, o índice de suicídios entre os profissionais triplicou. Cerca de 43 policiais são afastados diariamente, segundo dados do anuário brasileiro de segurança pública. É uma engrenagem perversa”, disse ela. 

Goiânia já conta com o atendimento psicológico em diversas instituições de ensino. A vereadora acredita que quanto mais saudáveis mentalmente estiverem esses profissionais, melhor será o atendimento à população. “A saúde do profissional de segurança pública também é uma bandeira histórica de quem atua na área de direitos humanos. Não é segredo pra ninguém o quão exaustos estão esses profissionais que cuidam da vida de outras pessoas. É muito necessário que eles tenham apoio psicológico e o atendimento especializado para que não se tornem também uma vítima”, pontua a vereadora. Ela é presidenta da Comissão de Direitos Humanos na Câmara e afirma que esse será um dos compromissos da pasta durante esta legislatura.

Postar um comentário

0 Comentários